Tragédia Anunciada

Os principais jornais da cidade estampam hoje, em sua primeira página, um problema que se arrasta por muitos anos: as enchentes e, o mais grave, as mortes por elas ocasionadas.

Muitos motivos são apontados por especialistas, autoridades públicas, ambientalistas mas, no final, a cidade sofre, cidadãos morrem e ano a ano o cenário se repete.


Seria somente porque as mudanças climáticas deixam a cidade despreparada para uma tormenta com mais água do que a prevista para o dia ou semana? Prevista?
Se há algum tipo de previsão, pressupõe-se que há planejamento.
Se há planejamento, muitas de suas etapas estão falhas, porque o resultado tem sido desastroso.

E por falar em planejamento, haja coração para imaginar que o poder público não consegue dar resposta efetiva ao problema. Mais uma vez, Estado e Município tentarão encontrar medidas de combate e solução do problema.

Mas, seria somente problema do poder público, que poderia promover ações preventivas durante todo o ano e, neste momento "clássico" - como diz uma amiga -, ter a rotina das ações públicas alteradas para um atendimento mais efetivo?

Uma simples constatação: não seria possível que a rotina da disposição e coleta de lixo nesses períodos "clássicos" de chuva fosse alterada para que os paulistanos não tivessem que viver literalmente mergulhados em dejetos?

E os paulistanos? Não estaria na hora mais que tardia de se conscientizarem para uma mudança de postura?
- Jogar lixo pela janela do seu carro - COISA DESPREZÍVEL, NOJENTA E DEPLORÁVEL.
- Vai chover? Não poderia retardar a disposição do lixo na rua prá evitar que os sacos (azuis, pretos, amarelos) de lixo sejam levados pelas águas entupindo bueiros, sujando as ruas e aumentando o problema?

Com certeza, se cada um de nos pensar nisso poderá mudar uma atitude, uma ação, que contibuirá para amenizar.

Mudança de atitude!!
É o que precisamos por parte do poder público e por parte dos cidadãos.

Pense nisso.
Senão no próximo período "clássico", veremos cenários dessa mesma tragédia anunciada.

Tem uma história de enchentes para contar?
Mande prá mim que eu publicarei aqui: coisasdesp@gmail.com

Comentários

Roberta disse…
Educação ambiental para todos!
Isto é fundamental!

E também para nossos governantes!
Toda vez que chove, ouvimos: "hoje choveu o triplo do esperado para o mês". O problema está na previsão! Nós sabemos que todo ano é assim!

Aliás, um ótimo artigo do Ignacio Loyola no Estadão sobre isto.
Roberta disse…
Educação ambiental para todos!
Isto é fundamental!

E também para nossos governantes!
Toda vez que chove, ouvimos: "hoje choveu o triplo do esperado para o mês". O problema está na previsão! Nós sabemos que todo ano é assim!

Aliás, um ótimo artigo do Ignacio Loyola no Estadão sobre isto.
ncalvet disse…
Como sempre o problema é Educação !! Enquanto os cidadãos não se conscientizarem que são os atores principais na vida da(s) cidade(s) não adianta nenhuma providência - antecipada ou não .

Postagens mais visitadas deste blog

Penha de França: o bairro mais antigo

Cidade Compacta - o que é isso?

SP 2040, Visão e Plano de Longo Prazo para Sampa