A Arte de Silvio Alvarez

Por meio do Twitter, durante um debate sobre o #meioambiente, encontrei Silvio Alvarez na minha lista de seguidores, com a indicação de seu site. Claro que fui pesquisar e o que encontrei foi algo realmente surpreendente. Um artista plástico que, com pedacinhos de papel recortados, realiza colagens excepcionais, muitas delas focadas em temáticas urbanas e da tão aclamada sustentabilidade.

Claro que o convidei a participar do COISAS DE SAMPA, pois seu trabalho está completamente inserido no escopo deste Blog. Aqui vai um pouco de sua história.


Silvio Alvarez é paulistano, nascido no bairro do Jardim São Paulo, Zona Norte da Capital. Entre idas e vinda profissionais, trabalhou por muito tempo como promotor de eventos musicais no Clube Esperia. Foi uma guinada emocional, porém, que mostrou a Alvarez o caminho das artes.

Como nunca tinha conseguido desenhar ou pintar, nem mesmo na meninice, sequer poderia imaginar que sua vida tomaria o rumo que tomou. Tornou-se um artista plástico de colagem, autodidata, que recorta minuciosamente, uma a uma, imagens de revistas ou folhetos publicitários. Essa é a matéria-prima essencial ao seu trabalho, usada na composição de um mundo todo seu, mágico e surreal, quadro após quadro.



Silvio Alvarez costuma dizer que a paciência é mais importante do que o papel em seu trabalho. Assim, com essa paciência e bom humor ele procura retratar o cotidiano das grandes cidades, sem, contudo, deixar de lado uma análise crítica da sociedade.

Além de expor e comercializar seus trabalhos, o artista realiza workshops de colagem nos quais busca conciliar arte e conscientização.

Destaque para um trabalho recente, apresentado durante a Semana do Meio Ambiente do ano passado: juntamente com funcionários da Editora Abril produziu o painel "A Árvore" (foto), uma colagem sobre MDF com 250 x 350 cm. Esse trabalho, que significou um importante passo em sua carreira, passou a integrar o acervo do Museu Aberto da Sustentabilidade, localizado na praça Victor Civita, no bairro de Pinheiros.


Vale uma visita ao Museu e ao Blog e Site do artista!

Comentários

Claudia Varella disse…
Dil, que faro jornalístico, heim! O trabalho do Sílvio Alvarez é fantástico. Muito bacana.
Parabéns!
Maculinea disse…
Olha!!! isso me deu uma grande idéia...
beijo
te amo
Maculinea disse…
Olha!!! isso me deu uma grande idéia...
beijo
te amo

Postagens mais visitadas deste blog

Penha de França: o bairro mais antigo

Cidade Compacta - o que é isso?

SP 2040, Visão e Plano de Longo Prazo para Sampa